CACHEADA COMO DÉBORA BLOCH OU LISA COMO NATÁLIA DILL? SAIBA COMO TER O CABELO DOS SONHOS E FICAR LONGE DO FORMOL

Ter cabelos lisos sempre foi o desejo da maioria das brasileiras. Mas dar aquele efeito escorrido aos fios sem cair nas armadilhas das escovas progressivas — que contêm formol — se tornou um desafio. Aplicada indiscriminadamente em vários salões, mesmo após ter seu uso limitado pelo Ministério da Saúde, recentemente a substância foi classificada pelo Departamento de Saúde dos Estados Unidos como cancerígena.

— Não sei se vão deixar de usar o formol. Já falaram várias vezes sobre isso e nada foi feito. Talvez, comprovando, a gente se preocupe mais — opina a estudante de medicina Joana Machado, de 24 anos, que sucumbe às progressivas, ou seja, ao formol.

Já a estudante Juliana Ricciardi, de 15 anos, estrela das fotos ao lado, nunca se rendeu à técnica. Acorda cedo e faz escova todos os dias. Ela conta que as amigas adeptas do formol não o largam porque dizem não conseguir o mesmo liso perfeito com outros procedimentos:

— A maioria só pensa na praticidade.

Esse comportamento pode estar com os dias contados. Além do esforço das organizações de saúde, marcas conscientes investem em fórmulas para que as mulheres consigam se "divorciar do formol".

— As clientes estão se convencendo mais facilmente, não querem mais aquele cabelo sem movimento, resultado das progressivas — argumenta o expert em cabelos Will Ferrari, do Fashion Clinic, em Ipanema.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS